Evite a “Humanização” dos pets


Desde a domesticação dos cães selvagens até os dias de hoje, é óbvio perceber que a relação entre o ser humano e os cães se estreitou muito.  Hoje em dia a convivência é muito maior, e o espaço que os pets ocupam em nossas vidas é proporcional.  Antigamente as pessoas tinham seus cães em quintais para fazerem a guarda de suas casas, os mantinham com restos de comida, e pouco se preocupavam com uma medicina veterinária preventiva, os laços afetivos não eram tão estreitados.

Atualmente com a vida moderna principalmente nas grandes cidades, é muito comum cães morarem com seus tutores dentro de casa, e com isso o convívio aumentou e os laços afetivos se estreitaram muito, são verdadeiros membros da família e não os queremos de outra forma não é mesmo? Porém devemos cuidar para não “humanizá-los” demais, devemos respeitá-los e conhecer suas reais necessidades e limites. Os cães não necessitam de vários adereços, como roupinhas de grife e etc… Eles tem como necessidade:

– dieta balanceada (seja ração de boa procedência ou alimentação natural indicada pelo médico veterinário)

– vacinação e desverminação para prevenção de doenças, de acordo com orientação do médico veterinário

– exercícios físicos diários de acordo com cada cão

O que seu pet  gostaria mais de ganhar… uma roupinha cheia de adereços? Ou um passeio em um parque onde pudesse correr e desfrutar da sua companhia e de outros pets? Lógico que por os amarmos demais queremos vê-los sempre lindos, e por que não com uma roupinha de vez em quando, laçinhos ou gravatinhas? Porém isso não é essencial para sua vida, não devemos esquecer de que eles precisam ter a convivência com outros animais, e se exercitar de acordo com suas necessidades,  até para evitar a obesidade e suas conseqüências.

Cães que são “humanizados” demais podem apresentar vários problemas comportamentais e até de saúde, infelizmente é comum encontrarmos cães confinados em apartamentos sem passeios, por causa das fobias de seus tutores, isso pode gerar agressividade, depressão, stress e até ansiedade, e conseqüentemente  problemas físicos de saúde como queda de pêlos, auto-mutilação, dentre outros sintomas. Os cães precisam da convivência com outros cães, conhecer parques e praças, ter contato com outras pessoas diferentes de sua família.

Meus cães são mimados sem exageros, alguns dormem na cama, os chamo de filhos, porém os respeito.. convivem com outros cães de diversos tamanhos, tem horário das brincadeiras para correrem,  se socializarem e também se exercitarem.. Cada um tem uma personalidade diferente, alguns mais meigos, outros mais carentes, outros mais espuletas, mas todos dentro do temperamento esperado de suas raças.

Patrícia Stunitz – Green Day Kennel

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: